11 99696-6172 / 11 3032-4663 / 11 3816-1743São Paulo SP

​A Viagem de Letras é um chamado para a aventura de crescer e expressar-se com mais liberdade e fluidez.

Um convite a descobrir potenciais e expandir seu repertório em diferentes linguagens – não somente a palavra falada, escrita ou pensada, mas também a sensorialidade e o sentimento, a imagem, o som, o gesto.​

Nome: Andrea Borges | Email: viagemdeletras@gmail.com

andrea borges viagem de letras

Uma otimista incorrigível que acredita na potencialidade transformadora da escrita e do encontro humano significativo.E na imensa possibilidade humana de reinventar-se.  Há mais de vinte anos une escrita, criatividade e desenvolvimento pessoal em experiências pautadas pelo lúdico e pela poesia de cada coisa. Com formação acadêmica em psicologia e ciências da comunicação e formações não acadêmicas ligadas à arte, ao corpo e ao movimento, atende pessoas com diferentes demandas, individualmente ou em grupo.

Seja bem-vinda, seja bem-vindo! Embarque e fique à vontade. Venha apreciar uma experiência de encontro e desfrutar paisagens da memória e da imaginação, usando recursos simples e eficazes para escrever qualquer tipo de texto. Ouse diferentes pontos de vista, faça novas conexões, novas relações, e vá muito além do mesmo.

Quem quer brincar de escrever? Em jogos, brincadeiras e experiências plásticas, vamos interagir com aspectos fundamentais da palavra escrita. Pouco a pouco vamos dar corpo a poemas, narrativas, histórias. Para crianças entre 6 e 12 anos de idade, agrupadas por faixa etária (6 anos, 7 anos, 8 a 9 anos e 10 a 12 anos).

O trabalho é bárbaro: simples, direto, visceral. O material é muito bem selecionado e maravilhosamente apresentado. É lindo o conteúdo e linda a forma. As sequências têm grande coerência: é sempre uma surpresa ir descobrindo o porquê de cada proposta. Foram tocadas coisas que estavam há muito adormecidas. Sinto-me a Bela Adormecida beijada pelo príncipe.
Maria Forlani
(psicoterapeuta corporal)
Vivina de Assis Essa oficina é meio mágica, meio uma coisa só, sendo muitas, uma pessoa só, sendo várias.
Vivina de Assis
(Escritora)
Keka Reis Acho a oficina ‘O encontro’. Comigo, com pessoas sensíveis e inteligentes e com uma ‘professora’ que tem voz de fadinha e conta histórias como ninguém. Além disso, que não é pouco, tem como função tirar a gente da correria e mesmice do cotidiano e levar pra um lugar muito mais legal: de palavras, poesias, chazinhos, amizades. Precisa dizer mais??
Keka Reis
(Roteirista e escritora)
Emilie Helou “É MUITO MELHOR do que eu imaginava. Foi um prazer. Esse dia foi muito legal, inimaginável. O método conseguiu me destravar e me fazer voltar a sentir prazer em escrever e conversar com pessoas estranhas.”
Emilie Helou
(médica oftalmologista)

WhatsApp whatsapp
Viagem de Letras